Filmes, músicas e livros: os perfumes estão por todo lugar

22 de janeiro de 2020

Quantas vezes estamos concentrados em uma leitura e, de repente, somos envolvidos por um trecho que fala de um perfume? Ele aparece nas comédias, no suspense e nos romances... Não é diferente nos filmes, quando percebemos, a cena revela um aroma vindo da cozinha ou então de um momento na natureza.... E quem nunca cantarolou alguma música que fala de perfume? É fácil encontrar esse artifício tão envolvente nas canções, daquela balada triste ao ritmo animado do verão, lá está ele – o perfume – costurando as histórias.

Vamos compartilhar aqui alguns exemplos por onde os aromas já andaram... de obras clássicas até as desconhecidas, esse elemento serviu para muitos enredos!

 

"Perfume de Hotel"

Olha que o nome desse livro já chama a atenção heim! A autora, Carla Pacheco, é médica por profissão, mas se saiu muito bem nessa aventura de escrever um livro trazendo suas impressões sobre Nova Iorque. Pois é isso que encontramos nesse livro, Perfume de Hotel traz em suas notas as impressões únicas e os aromas de cada lugar na visão da autora. Em 114 páginas, ela traduz de maneira deliciosa, leve, bem humorada e rica em detalhes, os prazeres e descobertas dessa magia que é viajar, especialmente para quem gosta de conforto e sofisticação, mas sabe desfrutar dos pequenos prazeres, aprecia os detalhes e se entrega as emoções de viver e partilhar recordações.

 

"O Perfume – A história de um assassino"

Esse é um filme para quem gosta de suspense... Lançado há bastante tempo (em 2006), tem origem no livro de mesmo título, que conta a história de Jean-Baptiste Grenouille, um menino que nasceu em um mercado de peixe onde sua mãe trabalhava. A história se passa na Paris de 1738, onde ele cresce e descobre que possui um dom incomum: é capaz de diferenciar os mais diversos odores à sua volta. Quando adulto, torna-se aprendiz na perfumaria de Giuseppe Baldini, que passa por um período de pouca clientela. Logo Jean-Baptiste supera Baldini e, criando novos perfumes, revitaliza a perfumaria. Mas essa história tem um desfecho surpreendente... que não vamos contar aqui! Quem assistir ao filme certamente vai querer ler o livro, que é muito mais detalhado e conta as quatro fases da vida do personagem.

 

"Apenas respire – rock e perfume: paixão no ar"

Nesse livro, a autora Rossana Cantarelli Almeida apresenta a história de Isabela, uma mulher jovem, independente e apaixonada por música. Morando no Rio de Janeiro e trabalhando na assessoria jurídica da Marinha, vê sua vida ser marcada por uma tragédia. Decide, então, largar a carreira e dedicar-se a sua grande paixão: a música. A oportunidade de realizar um sonho, ao ser aceita para estudar sua banda favorita em Nova Iorque para sua tese de doutorado, é o início de tudo. Luc Bellucce, guitarrista da famosa banda de rock progressivo Dawn Sunless, e Isabela Alencar protagonizam uma história nada comum, mas cativante. Para ela o inebriante era o jeito como ele dedilhava sua guitarra; para ele, o perfume dela. A resenha do livro faz um convite um tanto curioso aos leitores.... Descubra essa deliciosa história de amor e surpreenda-se a cada capítulo, com um final que fará você se lembrar: apenas respire."Eu precisava achar um jeito de eternizar você." - Luc Bellucce.

 

"O perfume da folha de chá"

Antes de falar sobre esse livro, precisamos dizer que ficamos apaixonados pela sua capa! É muito delicada.... e combinada com o título então.... dá vontade de começar a ler na hora! A história de "O perfume da folha de chá" se passa em 1925, quando a jovem Gwendolyn Hooper parte de navio da Escócia para se encontrar com seu marido, Laurence, no exótico Ceilão (Sri Lanka), do outro lado do mundo. Recém-casados e apaixonados, eles são a definição do casal aristocrático perfeito: a bela dama britânica e o proprietário de uma das fazendas de chás mais prósperas do império. Mas ao chegar à mansão na paradisíaca propriedade Hooper, nada é como Gwendolyn imaginava: os funcionários parecem rancorosos e calados, e os vizinhos, traiçoeiros. Seu marido, apesar de afetuoso, demonstra guardar segredos sombrios do passado e recusa-se a conversar sobre certos assuntos. Ao descobrir que está grávida, a jovem sente-se feliz pela primeira vez desde que chegou ao Ceilão. Mas, no dia de dar à luz, algo inesperado se revela. Agora, é ela quem se vê obrigada a manter em sigilo algo terrível, sob o preço de ver sua família desfeita. Com essa obra, a autora Dinah Jefferies levou o livro a categoria de best-seller número 1 na Inglaterra.

 

"Perfume de Mulher"

Ahhhh, mas esse clássico não poderia ficar de fora da nossa lista! O famoso filme estrelado por Al Pacino tem um nome sugestivo para o tema que estamos tratando aqui. O protagonista, Frank, é um militar aposentado, cego e de difícil convivência. O desenrolar da história não vamos detalhar aqui, mas o que nos chama a atenção é que ele potencializa o sentido do olfato para compensar a falta de visão. Dessa forma, acaba impressionando as mulheres por sua capacidade de reconhecer perfumes. E assim, com base nessa percepção, ele vai imaginando como é cada mulher, conduzindo o espectador a uma história bem envolvente.

 

"Perfume" - Anitta

Como não falar de música sem enumerar várias em que o perfume aparece... independente do gênero musical ele está sempre sendo lembrado. Até a cantora Anitta lançou mão desse apelo em uma de suas canções que diz assim:

“De repente eu me entreguei

Não lutei, não resisti

Quando menos esperava

O teu perfume estava aqui

Espalhado pelo ar

Me chamando pra deitar

E morrendo de saudade

Te encontrei no meu lugar”

 

"Perfume e Música" – Jorge Aragão

E o samba de Jorge Aragão também fala dos cheiros...

“Faz parte dos meus guardados

Vasos dependurados

Do que já foi jardim

Um perfume

Quando planta na gente a semente saudade

Vaga-lume

Fica nossa lembrança voando à vontade”

 

"Lança Perfume" – Rita Lee

E ela, a camaleoa Rita Lee eternizou o perfume neste clássico... Quem nunca cantou essa?

“Lança menina

Lança todo esse perfume

Desbaratina

Não dá prá ficar imune

Ao teu amor

Que tem cheiro

De coisa maluca”

Nossa dica é...

Então, nossa dica é para que você aproveite seus momentos de lazer para abrir um livro novo e sentir aquele cheirinho que só ele tem! Ou então deixar-se envolver pelo cheiro de pipoca na hora de assistir aquele filme de estreia super esperado. Mas se a estratégia é surpreender alguém, aposte na dobradinha perfume + música... não tem erro! Brincadeiras à parte, o que estamos sugerindo é que você permita-se experimentar novas sensações combinando elementos que proporcionem bem estar. Seja criativo e aproveite!!!

 

Fotos: Divulgação

leia também

4 formas de preparar a casa para o Natal

26 novembro 2021

É só uma lembrancinha!

19 novembro 2021

Santho Aroma

Somos uma boutique de aromas com sede em Gramado, na Serra Gaúcha. Desenvolvemos perfumes capazes de transformar ambientes e sentimentos. Através de nossas criações buscamos proporcionar experiências sensoriais inesquecíveis.